Colocar as tecnologias ao serviço do relacionamento humano e da confiança dos clientes é uma prioridade para o Crédit Mutuel Alliance Fédérale. Através de uma abordagem simultaneamente digital e física do relacionamento com os clientes, Banque Transatlantique pretende prestar soluções e serviços úteis e no momento certo aos seus clientes. O conhecimento dos dados pessoais dos clientes determina a relevância das propostas apresentadas. Esses dados, recolhidos pelo banco ou comunicados pelos clientes, são a base da confiança mútua e servem principalmente para garantir o objetivo do banco: maximizar os serviços prestados ao cliente. A utilização de tais dados pode suscitar dúvidas. É conveniente que os dados pessoais (DCP) recolhidos ao longo do relacionamento sejam usados com segurança e de forma adequada, controlada e responsável. Foi no âmbito destas exigências conjuntas que Banque Transatlantique adotou uma Carta sobre a utilização dos dados pessoais (DCP) dos seus clientes.

Transparência: comunicar sobre o processamento dos seus dados

Para o servirmos, recolhemos e processamos os seus dados pessoais de forma leal e transparente. A comunicação sobre a rastreabilidade das nossas ações no processamento dos seus dados pessoais é uma prioridade, e estamos empenhados em informá-lo de forma clara e precisa sobre a utilização dos mesmos.

Segurança: garantir a proteção e a integridade dos seus dados

Porque a confidencialidade e integridade dos dados pessoais são essenciais para mantermos a sua confiança, zelamos pela respetiva segurança.

Por conseguinte, implementámos procedimentos de verificação e de certificação dos nossos instrumentos, que são destinados a proteger os seus dados contra qualquer utilização abusiva. Estando a segurança informática no cerne da nossa atividade, as nossas equipas de especialistas estão constantemente mobilizadas para assegurar a máxima proteção dos seus dados, e isto em todos os ramos das nossas atividades.

Ética: utilizar os seus dados no seu interesse

As informações pessoais que detemos são usadas para lhe prestar os melhores serviços e os conselhos mais adequados. Essas informações são confidenciais e não são, em caso algum, vendidas a terceiros. A possível transmissão de determinados dados pessoais a prestadores de serviços externos ao Grupo é sempre realizada num âmbito estritamente definido, por um prazo limitado e recorrendo a prestadores de confiança.

Controlo : permitir-lhe que mantenha o controlo sobre seus dados

O seu consultor bancário é o primeiro garante do controlo que pode exercer sobre os seus dados. São-lhe assegurados os direitos de acesso aos seus dados pessoais e de oposição ao processamento dos mesmos em determinadas situações. Durante a consulta dos nossos sites na internet, são-lhe prestadas informações completas sobre a nossa política de cookies. Os dados relativos à saúde, recolhidos no quadro da subscrição de apólices de seguros, gozam de proteção reforçada.

Comprometemo-nos a ir mais longe e a em breve colocarmos à sua disposição mais informações referentes a si no seu espaço pessoal. Poderá ter acesso a elas a qualquer momento e solicitar a sua atualização, se for caso disso.

Léxico

Dado de caráter pessoal (DCP) - artigo 4.º do Regulamento Europeu sobre a Proteção de Dados Pessoais: "Qualquer informação relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável: considera-se ser uma "pessoa singular identificável" qualquer pessoa singular que possa ser identificada, direta ou indiretamente, nomeadamente por referência a um elemento de identificação, como um nome, um número de identificação, dados de localização, um identificador on-line, ou a um ou mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, genética, psicológica, económica, cultural ou social".

Sistema de Informações (SI): "Sistema de informações (SI) é um conjunto organizado de recursos que permitam recolher, armazenar, processar e distribuir informações, geralmente através de um computador."

Utilizador do SI: "Utilizadores do SI são as pessoas que dispõem dos recursos e das habilitações necessárias para o acesso ao Sistema de Informações."